Super Liga Gay de Volei do Amazonas já tem primeiro finalista de 2011

A Ucrânia arrasou a Rússia por 3 sets a 1, garantindo a vaga. A competição é a única oficial existente no Brasil voltada para gays.

Atletas em disputa (Foto: Divulgação)Atletas em disputa (Foto: Divulgação)

A Seleção da Ucrânia é a primeira finalista da 20º Liga Gay de voleibol 2011. Em partida realizada, neste fim de semana, no ginásio Renê Monteiro, Zona Centro Oeste de Manaus, o selecionado arrasou a Rússia por 3 sets a 1, garantindo a vaga. Agora, os ucranianos aguardam seu adversário que sairá da segunda semifinal, a ser realizada no sábado (26), na Vila Olímpica, Zona Oeste da Cidade. Em quadra estarão Sérvia e Itália.

O presidente da Liga, Daniel Goes, disse que a competição é uma forma de interação e entrosamento entre os participantes e o público que prestigia.

“É um momento único para nossa modalidade. Estamos felizes pela valorização que o evento recebeu e está recebendo” ressaltou.

A grande final está marcada para domingo (27), as 18he30 (20he30 de Brasília), no ginásio Renê Monteiro, na avenida Constantino Nery, Zona Centro Oeste. Antes, as 17h (19h de Brasília), será a disputa do terceiro e quarto lugares, respectivamente.

Goes enfatiza que os jogos finais da Liga vão proporcionar aos presentes e competidores alegria, música e prêmios.

“No domingo vamos ter a presença de um “DJ” e iremos sortear vários prêmios aos atletas. Será uma forma de congraçamento para todos nós” finalizou.

Em números
Para a Seleção campeão da Liga o prêmio será de R$700. O segundo colocado receberá a quantia de R$500 e o terceiro R$ 300.

A Liga em 2010

Jogadores de Sérvia e Romênia em 2010 (Foto: Divulgação)Jogadores de Sérvia e Romênia em 2010 (Foto: Divulgação)

A Superliga Gay de Vôlei é a única competição oficial voltada para gays existente no Brasil.

Ano passado, a campeã foi a equipe da Sérvia, em uma partida marcada pela descontração e pela forte participação da torcida da outra finalista, a Romênia. Na disputa do terceiro lugar, a Rússia não tomou conhecimento do Brasil e venceu a partida por 3 a 0, com parciais de 25 a 21, 25 a 20 e 25 a 22.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close